Mobile, Tecnologia,
Por: 15 de julho de 2014

Google insere avisos contra páginas em Flash na versão mobile

O Adobe parou de desenvolver Flash para aparelhos smartphone desde 2011 e, a partir de então, a maior parte dos provedores de vídeo e páginas interativas em versão mobile migraram para estruturas como HTML5. Apesar disso, ainda há diversos sites baseados em flash na web.

O Google pretende acabar com este episódio. A partir de agora, o gigante de buscas colocará avisos nas pesquisas feitas em smartphones, de que algumas páginas em Flash provavelmente não funcionarão no aparelho.

A maior parte dos sites afetados serão páginas antigas e que não se adaptaram às práticas modernas, e o Google fornecerá recursos para webmaster que pretendam se atualizar. A prática vai poupar tempo dos usuários durante a navegação da web, já que nem o Safari do iOS, nem o Chrome, do Android, suportam Flash.

Webmasters podem aprender mais com os recursos do Google aqui: developers.google.com

Ainda assim, há controvérsias. Um mecanismo de busca não deveria ter o poder de criticar o que é ou não é válido na web.

Vale lembrar que, quando a navegação por mobile ainda estava em seu estágio inicial, era um problema não haver suporte para Flash nos celulares. Agora, estas mesmas páginas parecem fazer parte de um pequeno grupo, de cada vez menor importância.

 

Fonte: Gigaom

Compartilhe:

O Autor

Carla

Carla

Aspirante a programadora, sonhadora de olhos abertos e questionadora sem respostas. Adora jogos, internet e nomes científicos curiosos. Uma junção de bits estranhos.